Envie esta página a um amigo!
Preencha o formulário abaixo

o teu nome:
o teu e-mail:
nome do seu amigo:
e-mail do seu amigo:
os teus comentários:
close

Carros Clássicos

Ferrari 250 GTO vendido por 38 milhões é o mais caro de sempre

Este é o preço mais elevado alguma vez pago por um automóvel

 
 
Slideshow
Os 39 GTO representam um dos melhores investimentos neste momento em qualquer parte do mundo

No ano passado, o FerrariFerrariFerrariItália, 1947 > presente233 modelos
5150 fotografias
37 vídeos
250 GTO250 GTOFerrari 250 GTOItália, 1962 > 19646 fotografias
de 1962, originalmente encomendado por Sterling Moss, mas que nunca chegou a ser conduzido por ele, foi vendido em privado por 25.7 milhões de euros para se tornar o carro mais caro alguma vez vendido. Agora um 250 GTO de 1963 bateu esse recorde ao ser vendido por mais de 38 milhões de euros.

O 250 GTO vermelho veio da coleção de Paul Pappalardo, um colecionador de carros em Greenwich, no Connecticut, e foi vendido a um comprador anónimo. De acordo com a Bloomberg, os três corretores que organizaram a venda confirmaram o preço, mas não quiseram revelar o nome do comprador. O preço registou um aumento de 49% em relação ao GTO de Moss.

Pappalardo comprou o carro em 1974, restaurou-o e conduziu-o em grandes eventos históricos, desde então, incluindo o Pebble Beach Concours d'Elegance e o Le Mans Classic de 2002.

A Ferrari produziu 36 250 GTO entre 1962 e 1963 e mais três 330 GTO, com motores 4.0. O carro de Pappalardo tem o chassis número 5111, que é um dos últimos carros produzidos, e venceu o Tour de France de 1963 e ficou em segundo lugar na corrida em 1964. Os GTO foram criados para serem carros que os pilotos privados pudessem comprar e vencer provas imediatamente.

De acordo com os corretores o comprador estava muito interessado em comprar um 250 GTO e tinha vindo a oferecer a outros proprietários 29 milhões de euros ou mais pelos seus carros.

Existe algum receio no mercado de carros de colecionador de que possa haver uma bolha de preços, especialmente no caso dos Ferraris, e os compradores que estão a investir nos carros, em vez de comprá-los pelo prazer podem sair prejudicados. O Índice de Hagi, que avalia os preços dos carros clássicos, mostra que em relação ao ano passado, os preços dos Ferrari subiram 44,38%, mais do dobro da Porsche, que cresceu 19,07%.

Fica agora com a lista dos carros clássicos mais caros de 2012.

10. Ferrari 625 TRC

O décimo clássico mais caro a ser vendido em 2012 foi um Ferrari 625 TRC com um preço de leilão de 4.91 milhões de euros. Apenas dois carros deste tipo foram produzidos, o que pode explicar este resultado extremamente elevado.

9. Ferrari 250 GT

Na nona posição encontramos um Ferrari 250 GT que recebeu uma oferta de 4.96 milhões de euros de um abastado entusiasta da Ferrari.

 

8. Ferrari 250 GT Berlinetta Competizione

Outro Ferrari ocupa o oitavo lugar na lista. 5.04 milhões de euros foi o valor oferecido por um 250 GT Berlinetta Competizione que data de 1956. O carro participou com sucesso no Tour de France, que na época não girava apenas em torno da competição de bicicletas, mas também de automóveis.

7. Rolls-Royce 40/50hp Limusine Dupla Pullman - O Corgi

Com uma oferta de 5.52 milhões de euros num leilão na Grã-Bretanha, este Rolls-Royce Silver Ghost conseguiu entrar no top 10 de 2012. Este modelo com 101 anos de idade, também conhecido como "O Corgi" foi a inspiração de um carro de brincar da Corgi Toys.

6. Bentley 4½ litros Birkin Blower

Datado de 1929, desde os dias dos lendários Bentley Boys, este Birkin Blower - que recebeu o seu nome do piloto Henry Tom Birkin - estabeleceu um preço recorde de leilão de 5.91 milhões de euros.

5. Ferrari 410S

Com a sua carroçaria elegante concebida pela Carozzeria Scaglietti e um motor de 12 cilindros e 340cv, este Ferrari 410S de 1955 conseguiu seduzir um comprador a pagar o equivalente a uns incríveis 6.19 milhões de euros.

4. Ferrari 250 GT SWB California Spider

Outro recorde, outro Ferrari: este Ferrari 250 GT SWB California Spider obteve uma oferta de 6.45 milhões de euros, o que faz deste clássico o quarto mais caro em 2012.

3. Ford GT40 Mirage

Este Ford GT/Mirage de 1968 foi vendido por 8.27 milhões de euros no leilão da RM em Monterey a 18 de agosto de 2012. Foi o valor mais elevado já oferecido em leilão a um carro americano. Este GT40 fez parte dos três primeiros carros a usarem o azul e laranja da Gulf. Este carro também ficou famoso por ter participado no filme Le Mans.

2. Ferrari 250 GT LWB California Spider

O segundo lugar foi conquistado por outro Ferrari 250 GT California Spider, este, no entanto, com uma distância entre eixos longa. Datado de 1960, este carro obteve uma oferta de 8.47 milhões de euros.

1. Mercedes-Benz 540K Special Roadster

Apesar da presença esmagadora de carros da Ferrari, o primeiro lugar foi conquistado por um Mercedes 540K Special Roadster que foi vendido em 2012 num leilão de Pebble Beach pela soma exorbitante de 8.85 milhões de euros. O carro tinha passado os últimos 40 anos abandonado numa garagem até que encontrou um novo proprietário abonado.

  • 10. 625 Ferrari TRC
  • 9. Ferrari 250 GT
  • 8. Ferrari 250 GT Berlinetta Competizione
  • 7. Rolls-Royce 40/50hp Double Pullman Limousine - The Corgi
  • 6. Bentley 4½ Litre Birkin Blower
  • 5. Ferrari 410S
  • 4. Ferrari 250 GT SWB California Spider
  • 3. Ford GT40 Mirage
  • 2. Ferrari 250 GT LWB California Spider
  • 1. Mercedes-Benz 540K Special Roadster

Enciclopédia
FerrariFerrari
250 GTO250 GTO
250 GTO250 GTO
Motor
V 12 ( 60.0º vee)
Cilindrada
2953 cc
Velocidade Máxima
285 km/h
Transmissão
5, Manual
Potência máxima
300 cv @ 7500 rpm
Carroçaria
Coupé
Combustível
Gasolina
Consumo de combustível (combinado)
25 l/100km
preço
--
custo de manutenção anual
720 €

0 comentários

Anonymous

Contribuir

publica as tuas notícias e novidades
Contribuir
Carros ClássicosTop 10 Destaques do anoTop 10ReviewsCultura AutomóvelSalão Automóvel de GenebraCarros ElétricosCarros HíbridosIndústria

Enciclopédia

fechar