Envie esta página a um amigo!
Preencha o formulário abaixo

o teu nome:
o teu e-mail:
nome do seu amigo:
e-mail do seu amigo:
os teus comentários:
close

Carros Clássicos

Carros clássicos são melhor investimento que mercados financeiros

O mercado de carros clássicos está a crescer 27% este ano

 
 
Slideshow
O Mercedes W196R não foi incluído no index de preços da Mercedes por ser um carro muito raro

É bom pensar que todos os compradores nos leilões de carros de Pebble Beach ou de Goodwood estão a comprar carros de centenas de milhares ou milhões de euros e que os estão a conduzir como foram concebidos para ser. No entanto, não é preciso ser um cínico para saber que este não é o caso. Num mundo onde muitos investimentos estão a trazer retornos baixos ao ano, os carros clássicos estão, na verdade, a mostrar-se bons investimentos, por enquanto.

O Historic Automobile Group International (HAGI) é uma instituição financeira que foi estabelecida para criar um índice de preços de leilão de carros clássicos. Tal como um índice de ações foi criado para dar aos investidores uma ideia geral sobre a saúde do mercado de automóveis clássicos. Embora casos específicos possam variar, o índice diz aos potenciais compradores como se está a sair o mercado. O índice é atualizado mensalmente.

No seu relatório de julho de 2013, a HAGI dá o preço indexado do mercado de automóveis clássicos de 203,49. Este valor é calculado com base num valor indexado de 100, quando se criou o índice de preços no dia 31 de dezembro de 2008. Isto significa que o preço de um carro clássico no mercado de leilões aumentou 103,49% nos últimos quatro anos. Comparado ao ano passado, os preços aumentaram 27,05% e, em relação a junho de 2013, os preços subiram 4,71%.

Em comparação com o índice de ações Global 1200 da Standard & Poor, que indexa o preço de 1200 ações em 31 países, esse valor cresceu 11,64% no ano passado e subiu 5,03% em relação a junho.

Isto mostra que, em 2013, se alguém comprasse um carro clássico num leilão em 2012, o seu preço teria aumentado mais do que se essa pessoa tivesse comprado uma das 1200 ações da S & P. Com um investimento igual, a pessoa poderia ter um retorno 15,41% superior.

A HAGI não cria apenas o índice do mercado geral de carros clássicos. A instituição também fornece índices individuais para os veículos da PorschePorschePorscheAlemanha, 1931 > presente43 modelos
4654 fotografias
29 vídeos
, FerrariFerrariFerrariItália, 1947 > presente233 modelos
5150 fotografias
37 vídeos
e Mercedes-BenzMercedes-BenzMercedes-BenzAlemanha, 1924 > presente197 modelos
9898 fotografias
33 vídeos
. Isto significa que os seus valores relativos no mercado de carros clássicos podem ser comparados de forma justa em relação às outras marcas.

Das três são os carros da Porsche os mais valorizados com um índice de preços 205,91, contra os 205,20 da Ferrari. No ano passado, os preços Ferrari têm registado um aumento de 34,31%, em comparação com um aumento de 21,75% da Porsche. Em julho, os preços da Ferrari cresceram 5,1% relativamente a junho e os preços da Porsche subiram 2,31%.

A HAGI apenas começou a indexar os preços da Mercedes-Benz a 31 de dezembro de 2011, o que significa que o índice de preços e alterações só pode ser comparado até esse ponto. O índice de preços da Mercedes é 138,84 o que significa que os preços já aumentaram 38,84% desde que começou a indexá-los. Os preços dos clássicos da Mercedes cresceram 24,36% relativamente ao ano passado e cresceram 5,05% em relação a junho. O índice não levou em linha de conta a venda do W196RW196 Motortyp 196Mercedes-Benz W196 Motort...Alemanha, 1954 > 195515 fotografias
por 24.4 milhões de euros pelo facto do carro ser muito raro.

Certo é que os carros clássicos se tornaram num objeto de investimento e é incrível a rapidez com que os preços estão a crescer.

0 comentários

Anonymous

Contribuir

publica as tuas notícias e novidades
Contribuir
Carros ClássicosTop 10 Destaques do anoTop 10ReviewsCultura AutomóvelSalão Automóvel de GenebraCarros ElétricosCarros HíbridosIndústria
fechar